segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Hoje...

Hoje a vida ensinou-me que não vale a pena stressar, com tudo o que acarreta a vida social. Não é perfeita, nada é.... existem cobras que nos tentam envenenar, das mais variadas formas, levando-nos a esconder em buracos tenebrosos da nossa mente. Mas até que medida vale a pena esconder-mo-nos e violar o nosso ser com sentimentos e atitudes que não são nossa natureza, fomentando raízes de maldade que nos vai sugando o brilho dos olhos e a alegria do sorriso?

Hoje sei que não vale a pena em medida nenhuma.

Hoje sei que a raiva não faz justiça, o medo não resolve, e que por cada momento que não aprecio por problemas que vão aparecendo, o tempo é morto e estancado numa caixinha chamada passado, em que, quando é aberta só saem imagens de cor preta e tons cinza. Valeu a pena deixar-me consumir???? NÃO.

Hoje sei que não posso mudar o passado, e todos os sentimentos negativos que tive, mas sei que posso melhorar o Presente e mudar o Futuro.

Hoje sei que perante o abismo, por fortes que sejam as mãos que me empurram para uma queda, mais fortes são sempre as mãos de Deus, que me ostentam e protegem, mesmo quando a maré sobe e ameaça afogar-me.

Hoje eu sei, que todo o mal que fazemos, volta para nós, assim como o bem. Hoje eu sei que não preciso ter medo, e que posso seguir o meu caminho, porque a tendencia do universo é o equilibrio, e quem contra ele for, irá sentir forças esmagadoras... a justiça de Deus... mais justa e forte que a dos homens.

Hoje eu sei.... porque quem crê em Deus nada teme.





Sem comentários:

Enviar um comentário